A Jenifer!

Estamos ainda na primeira quinzena de janeiro, mas ao que tudo indica, “Jenifer”, do cantor Gabriel Diniz, vai ser o grande hit do carnaval.

Disparando nas execuções de rádio e nos meios digitais, a música de GD tem uma história interessante, que mostra que acertar uma música é algo que envolve um punhado de mistérios.

Em junho do ano passado, meu amigo Dan Rocha, diretor artístico da Paranaiba FM, principal rádio do Triângulo Mineiro, me mandou uma mensagem no WhatsApp.

20190112_195858

Como dá para ver na imagem, ele havia recebido a composição e entendido que ali existia um provável hit.

Sugeriu ao Gusttavo Lima que gravasse a música.

Muitos nem ficaram sabendo, mas o Gusttavo gravou em um show e existem alguns vídeos dela no YouTube.

Como GL estava em meio a produção de seu mais recente DVD, que seria gravado em agosto, acabou não conseguindo se dedicar à música.

Com ela já encostada, foi a vez de o Gabriel Diniz gravá-la, com o consentimento do Gusttavo. A canção, de fato, tinha mais a ver com o tom bem humorado de Diniz do que com o romantismo do GL.

Vale dizer que se o Gusttavo deixou esse hit passar, em 2011 ele foi o beneficiado com história parecida. O “Tchererê” passou pelas mãos de Jorge e Mateus, que não quiseram a música, e o resto todo mundo sabe.

Comente!

___

1 Comment

  1. Fabio Roque Reply to Fabio

    Bicho! Esse tipo de música cabe bem na voz do Gusttavo, mas não é momento dele gravar essas coisas. Acho que ele tá numa vibe muito romântica, só se ele lançasse um dvd com um novo conceito, como foi aquele que ele gravou com o Dudu produzindo. Lá tinha, “Vou morrer mas eu não paro de beber”. Mas do “buteco 2″ pra cá, ele tirou qualquer possibilidade de gravar essas coisas. Ah não ser que ele tivesse pagado a exclusividade e segurado pra soltar como single faltando 10 dias pro carnaval. Mas como dizem que musica tem dono, ela tem muito mais a cara do GD.

Deixe uma resposta para Fabio Roque Cancelar resposta