Wanessa, sertaneja.

Hoje acontece nas rádios um lançamento interessante.

Wanessa, que voltou a ser Wanessa Camargo, lança sua primeira canção como cantora sertaneja.

É natural que se tome certo cuidado, como ela vem tomando, para que a mudança de estilo musical não pareça algo oportunista por conta da força do sertanejo hoje, mas acho que ela não deveria esquentar a cabeça, mesmo com uma parcela dos fãs reclamando do novo rumo.

Wanessa está agora nas mãos da Workshow, um dos escritórios artísticos mais fortes do país, parceiro do “Festeja” junto a Som Livre. Também são do escritório os dois principais nomes femininos do momento: Marília Mendonça e Maiara e Maraísa.

Estive no evento em que ela foi anunciada oficialmente e cheguei a ouvir algumas canções, horas antes, que poderiam estar no repertório dela. Uma delas era justamente “Coração Embriagado”, que está sendo lançada hoje.

Quando começou a cantar, com as portas abertas pelo Zezé, Wanessa foi pelo caminho romântico. Um romântico, na verdade, que esbarrava no sertanejo, mas como bem sabemos, o gênero sempre dificultou a vida das mulheres.

Ela cresceu, mudou de estilo, e agora decidiu se aproximar novamente. A produção de “Coração Embriagado” é do Pepato. Acho que com o tempo ela vai acabar mudando até o estilo de cantar. Que tenha sorte agora do lado de cá.

Comente!

___

6 Comments

  1. Muito bom !
    Piunti, acho que justamente o charme ficou por conta dessa maneira de cantar diferente dela. Não penso que seja bom perder isso…

  2. Essa eu quero ver. A Wanessa Camargo, até outro dia, fazia um pop eletrônico. Agora foi pro sertanejo com a carreira administrada pela Workshow. Com a experiência adquirida, ela deve saber da responsabilidade que vai ter por estar no mesmo gênero do pai e do tio, Zezé di Camargo & Luciano. Estou curioso para ver o repertório dela, apesar dela ter músicas na sua carreira que podem ser encaixadas nesse novo projeto, pois são adaptáveis ao sertanejo. Essa música é boa para vender, para ser executada nas rádios e na TV. Mas por ser experiente (com mais de 15 anos de carreira), pelas referências musicais que tem dentro da família e por ter a produção musical do Pepato, achei sem graça. Está igual a maioria.

  3. Pode vir! A receberemos de braços abertos!

  4. Música péssima, aliás, essa moça não sabe pra que lado vai… Sem identidade musical, música fraca, mal produzida, letra ruim, minha nossa! Mais uma musiqueta enfiada goela abaixo, mas é aquela coisa, pagando pra tocar… Crowley (matéria comprada)…
    Enfim entre tantos e tantos lixos, ressurge mais um… E o público LGBT perde sua pseudo-musa… Kkkkkkkkkk…

  5. Não passa de uma vigarista que fica tentando o sucesso de porta em porta. É ver para crer, mas vai ser um fiasco!!!!!!

  6. Acredito no sucesso da Wanessa, mas a médio e longo prazo. É um novo começo, e o mercado sertanejo estão abrindo os olhos para as meninas. Espero que ela tenha sucesso, e que apareçam novas Wanessa’s, Marília’s. O sertanejo merece dar atenção, e a música nacional agradece.

Deixe um comentário