Vale a Pena: Fred Liel em carreira solo

Em outubro de 2013, a formação original da dupla Fred e Gustavo se desfez. Gustavo seguiu com o nome da dupla ao lado de um novo parceiro (já postei algumas coisas deles por aqui), e Fred, sob o nome de Fred Liel, preferiu a carreira solo.

O cantor lançou, no mês passado, seu primeiro disco, com 8 canções, chamado “Sertanejeiro” (nome também de uma canção gravada ao lado de Fernando e Sorocaba). Todas as canções são composições próprias.

ffl

Não se trata de mais um cantor, de um cantor qualquer. É uma das vozes mais bonitas da geração, e um cara que consegue agradar até os ouvidos mais críticos de outros artistas, que raramente elogiam um “concorrente”.

O disco completo pode ser baixado aqui. A faixa que que vem sendo uma espécie de música de trabalho é “Aí Complica”, gravada com Munhoz e Mariano, mas eu queria mesmo era destacar mais exatamente outras duas canções.

A primeira delas, uma espécie de auto-biografia, chamada “Numa dessas luas”. É a grande música de disco, a mais bonita.

A outra, influenciada diretamente pelas bachatas latinas, gênero emprestado lá de fora que tem influenciado diversos compositores e produtores por aqui. Até a letra tem mais a ver com o que se grava lá fora do que com nossos temas. Ela se chama “Defensor”, bem interessante.

___