Sobre Jorge e Mateus e Lei Rouanet

Se a internet é positiva por conta da liberdade que nos proporciona, por outro lado pode ser um tanto perigosa quando usada de forma não muito positiva.

Depois de toda a polêmica envolvendo Ministério da Cultura e Michel Teló (o cantor pediu incentivo por meio da Lei Rouanet, não conseguiu e reclamou), resolveram resgatar uma história já noticiada, abordada, criticada e discutida.

Em março deste ano, o blog do Lauro Jardim, no site da Veja, noticiou que Jorge e Mateus conseguiram aprovação para captar R$4,3 milhões via Lei Rouanet.

Na semana passada, por conta do caso do Michel, resolveram tratar a notícia da dupla como novidade. E como ninguém se preocupa em pesquisar, o assunto rendeu. Só nesta imagem que está no final da postagem, que apareceu no meu Facebook dezenas de vezes, houve mais de mil compartilhamentos. O texto do “Virgula Música” inserido na imagem também é de março.

Não estou defendendo nem o Michel nem a dupla, mesmo porque acho que a Lei Rouanet deveria ter sido revista há muito tempo.

Só achei interessante explicar a história. O Barão Vermelho captou recentemente R$10 milhões (Rouanet + Ancine), a Xuxa conseguiu R$8 milhões, assim como diversos outros artistas, e não vi nenhuma barulheira por conta disso. Acho que vocês entenderam.

___