Victor Chaves: "O momento da música sertaneja é caótico"

Entrevistei na tarde de hoje, em São Paulo, a dupla Victor e Leo. A pauta era o novo CD/DVD da dupla. O CD já foi lançado, o DVD chega no mês que vem. O bate-papo sobre o novo projeto eu publico até o final da semana.

Após a conversa sobre o novo trabalho, a atual situação da música sertaneja virou tema, e a dupla não se furtou a criticar o que considera uma fase “muito ruim”.

Segundo Victor, o sertanejo enfrenta um momento caótico: “A realidade é que, no momento, o sertanejo vai muito mal, completamente em baixa. O momento da música sertaneja é caótico. O termo sertanejo está lá em cima, a música está lá no chão”.

“Pelo que nós sabemos, o conteúdo poético é presente na história da música sertaneja, e hoje ele está praticamente morto. Nós tentamos segurar as pontas, fazer nossa parte, colocar um traço poético nas nossas letras. Só que o mercado está atrás de sucessos extremamente fáceis, e isso está sendo a bola da vez. Nós não embarcamos nesse mercado”.

Ainda comentei com a dupla sobre a entrevista em que o Jorge, da dupla Jorge e Mateus, diz que o mercado sertanejo é “podre”.

Segue o comentário do Leo: “Eu entendo o que ele quis dizer… de fato, hoje se compra tudo, e sem muito dinheiro você não faz nada. O cara compra a rádio, a festa, a exposição, a música, compra tudo. Só acho que isso não é novidade e é uma realidade da vida, não só do mercado. O capitalismo força a isso, são situações que acabam se tornando naturais. Eu acredito do tempo. O tempo vai mostrar pra nós mesmos quem é verdadeiro”.

___