Programa Universo Sertanejo #45

Fala, pessoal.

Entrou no ar, no final da tarde de ontem, a quadragésima quinta edição do programa Universo Sertanejo, na Rádio UOL.

Nesse programa, fiz uma seleção com doze músicas em um estilo mais triste, melancólico.

Obviamente, a lista acaba tendo uma interferência muito grande do meu gosto pessoal, mas creio que todas passem, de fato, certo ar melancólico para quem as ouve.

Vou colar o repertório aqui, caso alguém tenha curiosidade.

Para ouvir o programa, basta clicar na imagem abaixo.

___

01. André e Andrade – “Pássaro sem ninho”
02. Leonardo – “Cristal Quebrado”
03. João Paulo e Daniel – “Se você quiser voltar”
04. João Mineiro e Marciano – “No mesmo lugar”
05. Cezar e Paulinho – “Morto de saudade sua”
06. Eduardo Costa – “Bandida”
07. Chrystian e Ralf – “Solidão no seu lugar”
08. Leandro e Leonardo – “Solidão”
09. Zezé di Camargo e Luciano – “Andorinha Machucada”
10. Marcelo Aguiar – “Solidão por perto”
11. Gian e Giovani – “Roupa de lua de mel”
12. Ronaldo Viola e Praiano – “Desatino”

Comente!

___

11 Comments

  1. A edição desse seu programa Piunti, é prá cabá com pique de Goiás, rsrsrs. boa demais. bjs.

  2. Piunti repertório perfeito,agora pra próxima edição nesse sentido e espero que seja próxima mesmo rsrs,se eu puder sugerir algo a respeito gostaria de ouvir Casaco Verde com Teodoro e Sampaio e Devolva a Passagem que pode ser com Leandro e Leonardo.
    Abraço

  3. Eita… Esse tema é o melhor da música sertaneja… As melhores canções de todos os tempos se encaixam muito bem, é por ai mesmo… André, se vai ter uma ou mais edições assim, vou sugerir 3 duplas sofriiiiiiidasss…. Adalbero e Adriano, Chico Rey e Paraná, Alan e Aladim, esses sabem, alem de cantar, machucar demais… E vou te dizer, essa moda “Andorinha Machucada” é bem mais pra lá de muito sofrida hein….!?!?!?!?

  4. Ademyr Rico Reply to Ademyr

    Tirando aí, Eduardo Costa e Marcelo Aguiar, é restante é 10.

  5. Fábio Roque Reply to Fábio

    Repertório Magnifico

  6. Também gosto de Bandida com Rick e Renner, acho que a “tristeza” que ela passa é mto por causa do arranjo mais antigo, da qualidade inferior do áudio e etc.

    O Eduardo cantando essa música vc pôs pro programa não ficar antigo demais, não tô certo, Piunti? Acho q já li vc comentando isso aqui, pra tentar equilibrar um pouco…

    João Mineiro e Marciano são craques também nesse estilo, mas acho que no quesito melancolia, as letras funcionavam mais que as melodias. Essa “No mesmo lugar” tem uma versão do Rionegro e Solimões que é TOP.

    Aliás, se for rolar uma segunda edição com esse tema, Rionegro e Solimões podem entrar fácil com aquele disco que tem “Frio da madrugada”.

    Abs.

    • André Piunti Reply to André

      A ideia é essa sim, pra não ficar preso a uma única época. Vai ter que rolar segunda edição, nessa não entrou Rionegro, Chitão, Bruno…

      • Ademyr Rico Reply to Ademyr

        André, o Hermes ja iniciou a campanha. Consulte os internautas sobre quais duplas devem ser estampadas nas edições futuras. Alem do conhecimento que vc tem, a participação democrática dos AMIGOS seria importante. Estuda lá.

    • Roger Yasukawa Reply to Roger

      Não conheço a versão do Rionegro e Solimões para essa música. Procurei no YouTube e não localizei. Vou ver no “saudadedaminhaterra”, pois foi recomendado.
      Apesar de possuir um acervo digital de mais de 2.000 músicas do gênero sertanejo/caipira, não costumo ouvir mais do 5% de meu acervo. Necessito ser mais seletivo no armazenamento de novas músicas.

      Particulamente, prefiro músicas dos anos 80 e 90. Duplas como
      Adalberto e Adriano, Ataíde e Alexandre, Maurício e Maurí, Renê e Ronaldo, etc.

  7. Roger Yasukawa Reply to Roger

    Existem inúmeras músicas que passam meio que desapercebidas. Para uns, obra-prima, para outros, legal, mas nada do outro mundo.
    A letra da música “No mesmo lugar” de João Mineiro e Marciano ficou excelente na voz do Marciano. Essa música “toca fundo” em minha “melancolia”. Espetacular ! ! !

    Está certo que gosto é gosto, cada um tem o seu. E mesmo não ser muito”chegado” no timbre da voz do Eduardo Costa, digo que, quem ouviu “Bandida” nas vozes de Rick e Renner, vai achar bem ruim a interpretação do Eduardo. A intepretação do Rick é muito mais emotiva e sentimental e melancólica. Mas, gosto é gosto . . .

Deixe um comentário