paula fernandesArquivo

O “Bem Sertanejo” das mulheres


O “Bem Sertanejo” de ontem, no Fantástico, falou de mulheres. Quem não assistiu, pode conferir aqui.

Paula Fernandes e Roberta Miranda foram o ponto de partida para que citássemos vozes femininas que marcaram de alguma forma a música sertaneja.

Apareceram por lá Nalva Aguiar, Inezita Barroso, As Galvão e Inhana (Cascatinha).

mrpaula

A história mais curiosa do programa ficou por conta da Roberta, que viu uma fita K7 sua ser jogada no lixo por um profissional dentro de uma gravadora. A fita continha a canção “De Igual pra Igual”, de Matogrosso e Mathias.

A pessoa que jogou a fita fora sequer a ouviu, simplesmente a descartou. O que não saiu no programa – e que é legal compartilhar aqui -, é que Roberta tinha a intenção de que “De igual pra igual” chegasse a Chrystian e Ralf. Já pensou?

Nós chegamos a ouvir também o Matogrosso, mas a parte dele acabou não entrando. Ele disse que surpreendeu com a história da música, pesada, criou uma estrofe e acabou dividindo os créditos com a Roberta.

___

Como eu disse na semana passada, todo episódio do “Bem Sertanejo” resultará em conteúdo exclusivo para internet ou rádio.

Ontem, logo após a exibição do quadro, foi diponibilizado um vídeo do Michel com a Paula Fernandes cantando “Beijinho Doce”.

___

universo_sertanejobnvelp

Enfim, juntas: Paula Fernandes e Shania Twain


Há algumas realizações pessoais que ficam marcadas pra sempre, e essa da Paula parece ser uma delas.

O vídeo abaixo, que traz a parceria dela com a Shania Twain, mostra o encontro de ídolo e fã de uma forma muito espontânea.

Paula sempre falou de Shania, regravou Shania e tinha uma parte no show inspirado na cantora canadense.

Hoje, está sendo lançada uma versão (meio português/meio inglês) de “You’re Still the One”, um dos vários mega hits da carreira Shania. E o resultado, como já era de se imaginar, ficou muito bom.

A música vai fazer parte de um CD de duetos que a Paula está gravando (algumas fotos que ela posta no Instagram dão uma ideia de quem são os convidados).

___

universo_sertanejobnvelp

Paula Fernandes tem 3 discos entre os 10 mais vendidos de 2013


A ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Disco), divulgou relatório ontem com dados sobre os CD’s e DVD’s mais vendidos de 2013.

Não que seja uma grande surpresa, mas um fato vale ser registrado e exaltado: dos 10 discos mais vendidos do ano passado, três são da Paula Fernandes.

Em 3º, ficou “Um Ser Amor”, o único EP lançado por ela até hoje.

Em 4º, ela emplacou uma edição especial (deluxe) do novo projeto gravado no Rio, “Multishow Ao Vivo – Um Ser Amor”, com todas as músicas do DVD.

Em 6º, também ficou o projeto do “Multishow Ao Vivo – Um Ser Amor”, mas com número reduzido de músicas. Ou seja, praticamente o mesmo disco. Se ambos fossem contabilizados juntos, tudo indica que ela subiria posições e talvez ficasse até em primeiro lugar (o cálculo agora não é possível, pois não foram divulgados os números das vendagens).

pffdvd

Ainda falando dos sertanejos, em 7º lugar ficou Luan Santana com seu trabalho novo, “O nosso tempo é hoje”.

As duas primeiras colocações ficaram com o Padre Marcelo Rossi e com Roberto Carlos, respectivamente, ambos também com EP’s.

___

-Vídeo

Na lista dos 10 DVD’s mais vendidos do ano passado, três são sertanejos.

O 2º mais vendido foi o de Luan Santana, “O Nosso Tempo é Hoje”. A 3ª posição foi de Paula Fernandes com “Multishow Ao Vivo – Um Ser Amor”. Na 7ª posição ficou “Live in London – At Royal Albert Hall”, de Jorge e Mateus.

___

Abaixo, as listas dos 20 CD’s e 20 DVD’s mais vendidos de 2013

CD’s

1 – “Já Deu Tudo Certo” (EP) – Padre Marcelo Rossi
2 – “Remixed” (EP) –  Roberto Carlos
3 – “Um Ser Amor” (EP) – Paula Fernandes
4 – “Multishow Ao Vivo – Um Ser Amor (deluxe)” – Paula Fernandes
5 – “Anitta” – Anitta
6 – “Multishow Ao Vivo – Um Ser Amor” – Paula Fernandes
7 – “O Nosso Tempo É Hoje” – Luan Santana
8 – “O Maior Troféu” – Damares
9 – “Faça-me Crer” – Padre Reginaldo Manzotti
10 – “Midnight Memories” – One Direction
11 – “Canções Mágicas Disney” – Vários
12 – “Te Esperando” (EP) – Luan Santana
13 – “No Coração da Jornada” – Vários
14 – “Sambas de Enredo 2014” – Vários
15 – “Viva por Mim” – Victor & Leo
16 – “Artpop” – Lady Gaga
17 – “Queremos Deus” – Padre Fábio de Melo
18 – “Live in London – At Royal Albert Hall” – Jorge & Mateus
19 – “Teorias” – Zezé Di Camargo & Luciano
20 – “Demi” – Demi Lovato

___

DVD’s

1 – “A Turma do Balão Mágico” – Balão Mágico
2 – “O Nosso Tempo É Hoje” – Luan Santana
3 – “Multishow Ao Vivo” – Paula Fernandes
4 – “Volumes 1 ao 11” – Xuxa
5 – “Life Is But a Dream” – Beyoncé
6 – “Live in London – At Royal Albert Hall” – Jorge & Mateus
7 – “Beyoncé” (versão explicit) – Beyoncé
8 – “SPC 25 Anos” – Só Pra Contrariar
9 – “XSPB 12” – Xuxa
10 – “Queremos Deus” – Padre Fábio de Melo
11 – Multishow Ao Vivo 30 Anos – Vida que Segue” – Zeca Pagodinho
12 – “Estação Sambô Ao Vivo” – Sambô
13 – “Daniel 30 Anos – O Musical” – Daniel
14 – “Coleção Brincando com Patati Patatá” – Patati Patatá
15 – “MDNA World Tour” – Madonna
16 – “The Piano Guys” – The Piano Guys
17 – “Villa Mix – 2ª Edição” – Vários
18 – “Live In Brazil” – André Rieu
19 – “Papa Francisco no Brasil – A Santa Missa” – Vários
20 – “Davi” – Crianças diante do Trono

tetb

O novo show da Paula Fernandes


Acompanhei, na última sexta-feira, o novo show da Paula Fernandes no Citibank Hall, em São Paulo.

Era apenas a segunda apresentação da nova turnê, iniciada uma semana antes em Belo Horizonte. Logo, ajustes ainda serão feitos, mas já dá pra fazer uma análise legal.

Estou de parabéns por ter chegado atrasado e perdido a abertura, mas pus a culpa no trânsito de São Paulo e me senti melhor.

pf3

As apresentações da Paula sempre foram o assunto mais discutido sobre a carreira dela (entre as pessoas que querem falar sobre assuntos profissionais, e não sobre a vida ou a roupa dela).

Já disse aqui algumas vezes que o termo “tem que” me incomoda. O show tem que ser mais animado, a apresentação tem que ser mais pra cima, as músicas tem que ser mais agitadas e por aí vai.

Por mais que eu entenda o argumento, também preciso lembrar que se todos os artistas seguirem padrões semelhantes em seus shows, teríamos um cena sem criatividade e padronizada, o que é das piores coisas pra um estilo que historicamente é eclético. Além do fato de a reclamação de que “tudo está muito igual no sertanejo” ter sido uma das que a gente mais fez nos últimos anos.

pf1

A nova turnê, chamada de “Um Ser Amor”, traz algumas mudanças bem claras. O investimento no conteúdo visual do LED é o que mais chamou a atenção. Produzido pela HIT e pensado pela Paula em conjunto com a empresa, as animações são de muita qualidade. Se o show precisar ser feito em um palco menor ou em um lugar simples, sem muitos recursos, só o conteúdo exibido por trás da cantora já dá uma impressão muito boa.

Outro ponto a citar é que ela é cada vez mais adepta do microfone auricular (aqueles que ficam presos ao rosto), deixando as mãos livres. Ela sempre os usou, mas não dessa maneira.

Quando não está com o violão, ela foca nos movimentos da mão, como se estivesse em uma peça de teatro. Cito “teatro”, pois ela me pareceu bem mais expressiva, em relação a movimentos ensaiados, do que nas turnês anteriores. Tudo bastante combinado com o conteúdo apresentado no painel.

Em relação as trocas de roupa, assunto que sempre surge, o “problema” segue resolvido (já não havia mais na última turnê). O conteúdo do LED se encarrega de entreter o público enquanto ela se troca.

E realmente, de acordo com o que ela havia declarado, o show está longe de ser uma adaptação do DVD. Na realidade, pouco tem a ver com o DVD.

Como disse lá no começo, assisti ao show em uma casa fechada, com a melhor estrutura disponível, com meses e sem imprevistos.

Abaixo, uma imagem mais aberta que mostra um elevado no palco, local em que ela fica durante todo o show.

pf2

*Fotos: Lucas Spinardi

___

hersonhei

Paula Fernandes: making of da nova turnê


O fim de semana de Paula Fernandes foi agitado. Além do “Sai do Chão” apresentado por ela no Globo ontem, a cantora estreou, na noite de sábado (8), sua nova turnê (Um Ser Amor), em Belo Horizonte.

Tudo que envolve o novo show saiu da cabeça da própria Paula ao lado da Hit Music, empresa que vem trabalhando com um grande número de sertanejos.

Para o lançamento da nova turnê, Paula divulgou durante as últimas semanas alguns vídeos, uma espécie de making of, que mostravam elementos do novo show. Algo bem interessante mesmo.

Esperei os quatro vídeos serem lançados pra postar aqui. Abaixo, os quatro estão em sequência em um player só. Assim que acabar um capítulo, o outro já carrega automaticamente.

hersonhei

Paula e Zezé, mais uma vez


Na última segunda-feira (27), estreou nas rádios “Quem é?”, nova música de trabalho da Paula Fernandes, que faz parte do DVD gravado no Rio de Janeiro.

A composição é, novamente, uma parceria com Zezé di Camargo, o que não é exatamente uma novidade.

Não sei se todos já conseguiram ouvir a música, então vale a pena postá-la aqui e pedir alguns minutos de atenção.

Romântica e triste, um pouco diferente do maior sucesso da parceria, “Pra Você”, a mais tocada de 2011 nas rádios. Eu gosto muito. Acho que vocês também gostarão.

___

hersonhei

Paula Fernandes com Shania e Ronaldo


O dia foi agitado ontem pra Paula Fernandes. Foram anunciadas duas novidades (ambas já ventiladas nas últimas semanas) na carreira dela: o encontro com Shania Twain e a assinatura do contrato com a 9ine, empresa do Ronaldo e do Marcus Buaiz.

A parceria com a Shania era questão de tempo. Desde que Paula começou a aparecer nacionalmente as comparações com a cantora canadense não pararam. E se comparações incomodam os artistas, nesse caso foi diferente, já que Paula sempre admitiu ser fã e se inspirar na Shania.

A notícia do encontro veio através do Facebook da Shania Twain, e na verdade não foi citada em momento algum uma possível parceria musical (precisa citar? Alguém tem dúvida?).

É uma grande parceria e que tem tudo a ver com a Paula.

paulashania

A outra novidade, como já dito, foi a assinatura do contrato entre a cantora e a 9ine, namoro antigo. A empresa agora é responsável pela área de marketing/publicidade da Paula, que já chama naturalmente a atenção de grandes empresas, vide as campanhas que ela estrela e estrelou nos últimos anos.

A parceria, então, indica que vem coisa grande por aí.

paularonaldo

hersonhei

Entrevista: Paula Fernandes, empresária.


Paula Fernandes recebeu a imprensa, no final do mês passado, pra falar de seu novo projeto: o CD/DVD “Um ser amor”, lançado com a assinatura do Multishow.

Muito do que ela falou por lá já pôde ser lido por aí, do fato de o trabalho ser mais uma vez autoral até a história de que “Um ser amor” foi composta, segundo a própria, a um ex-namorado que a fez sofrer.

Logo que começamos a entrevista, ela citou o termo “empresária”, referindo-se ao fato de comandar a própria carreira. Era um assunto, como foi possível confirmar na coletiva logo depois, que ela pretendia abordar.

Foi nesse ponto que foquei a conversa, e então saiu uma revelação que serve a muitos que estão procurando ajuda e espaço: está nos planos dela, sim, ajudar artistas novos em seu escritório.

Pela primeira vez depois de chegar ao topo, Paula lança um trabalho sozinha. Com todo o amparo da Universal Music, claro, mas somente com seu próprio escritório por trás, o “Jeito de Mato”. Até o final do ano passado, ela possuía vínculo com a Talismã, da qual se separou após um desenrolar que todos se lembram.

Abaixo, a conversa que tive com ela.

pfnds

___

Por eu ter viajado com você na turnê da África, muita gente me pergunta quem manda na sua carreira. Se você realmente dá a palavra final, se é a gravadora, seu irmão que trabalha com você, se é sua mãe, sempre próxima…

No final das contas, a última palavra é minha. Por eu ser reservada acho que as pessoas têm essa curiosidade. Não é uma questão nem de poder não, é uma responsabilidade. Imagina, eu que dou a cara pra bater, eu que que tô lá na frente, então eu tenho que assumir o que acontece atrás de mim.

Quando acontecem erros, e claro que acontecem, eu posso chegar no profissional responsável e cobrar, porque sei que minha parte eu fiz. Eu tenho alguns braços sim, tenho pessoas que me ajudam, pessoas responsáveis próximas, mas sempre passa por mim. Não é porque eu gosto de mandar não, é porque é minha cara que está lá na frente.

Você tem dito agora que também é empresária, já que a “Jeito de Mato” é o único escritório que responde por você…

Eu tô tentando, tô tentando… (risos)

Empresariar um artista novo é uma intenção?

Eu vou fazer isso, é um plano pra mim. Não vou dizer que estou correndo atrás, procurando, por que acredito que esse não seja o caminho. Eu acredito que vá surgir um nome, eu vou me identificar com o trabalho e a partir daí, vou poder oferecer toda a minha estrutura não pra forçar alguém a fazer sucesso, mas pra poder dividir minhas experiências e assim ajudar. Temos uma estrutura muito boa hoje, não vejo problemas em trazer alguém pra junto de nós.

Você imagina que vão sair procurando você a partir dessa declaração, né?

Mas a gente recebe trabalho sempre, você sabe como é. Como eu te disse, eu não tô correndo atrás, acho que isso vai ter seu momento ainda, e aí quando surgir algo que me encante, eu vou dar mais atenção a esse assunto.

Seu primeiro DVD já tinha uma estrutura grande para o tamanho de artista que você era na época. O novo DVD, mais uma vez, é algo grandioso. Por que a ideia de manter a linha de grande espetáculo e não algo mais intimista, talvez, como outros artistas estão fazendo?

Eu quis que novo trabalho desse continuidade a tudo que eu construí e mostrasse às pessoas o que se passou com a Paula Fernandes desde que aquele primeiro DVD saiu. Você sabe que eu gosto de oferecer um espetáculo que vai além de cantar, gosto de mostrar histórias, tenho as trocas de roupas que marcam mudanças na sequência do show. Eu queria que o DVD fosse fiel ao que eu sou, ao que eu quero oferecer ao público. Foi um desafio, colocamos grama natural no palco, criamos um lago, mas tudo isso vale a pena na intenção de apresentar um espetáculo de qualidade.

paulazz

Na sua última ida ao Faustão, você pareceu muito natural, muito à vontade. Quem te acompanha, percebeu uma evolução em relação a outras participações…

Minha carreira não foi um produto pensado. Eu sou isso, e acho que as pessoas entenderam, e quem não entendeu ainda, vai entendendo aos poucos. Meu papel hoje é administrar pra que essa naturalidade esteja sempre em primeiro lugar. Eu sou uma pessoa tímida, mas hoje tenho alguma intimidade com o Faustão, temos uma amizade, por isso nas visitas ao programa eu vou ficando mais à vontade.

Eu trabalho 24 horas pra isso, vivo o que eu amo fazer durante o dia todo. O que eu ganho, a questão financeira, fica muito lá atrás. As pessoas tem muita fissura nisso, uma curiosidade em saber quanto você ganha, o que você compra, e não é isso que traz a felicidade. O que me traz felicidade são as realizações, e nem sempre o dinheiro está relacionado a elas. Eu tenho um relacionamento com uma pessoa muito querida, tenho meus amigos, pouco amigos, mas que são de verdade. Estou mais equilibrada, consegui uma maturidade, e isso não é uma questão financeira.

Uma das críticas que você mais deve ter ouvido quando começou a ganhar espaço foi de que seu show era muito lento, muito romântico, muito parado. Você bateu de frente e seguiu sem grandes mudanças…

Eu superei isso, acho que consegui provar que havia um preconceito nessa ideia. É claro que eu ouço críticas e aproveito as que eu vejo que são sinceras, mas acredito que muita gente exagerava. Hoje as trocas de roupa são mais rápidas, e eu ofereço conteúdos enquanto não estou no palco.

Sobre o show ser lento, é só alguém assistir ao meu show atual que vai ver que ele não é lento. Tem minha parte dos modões, parte do forró, eu danço, faço vários estilos diferentes, e claro, também tem a parte romântica. As pessoas tem uma mania de criar personagens. Paula é o show de balada romântica. Ponto, aí todo mundo começa a repetir isso. Eu acreditei no que eu fazia e hoje consegui vencer esse preconceito.

Você não concorda quando dizem que você é artista pra fazer show em teatro?

Claro que não. Artista tem que tocar pra todo tipo de público. Seja em teatro, em feira, rodeio. Eu canto em todos os lugares com o mesmo prazer, não acho que a gente tenha que se limitar dessa forma.

___

bannerges

Sinal dos tempos


Diversos vídeos do novo DVD da Paula Fernandes estão disponíveis, de graça, limpos, bonitões, pra qualquer pessoa assistir quando quiser no site da VEVO (no YouTube também).

É a primeira vez que um grande nome do sertanejo faz algo do gênero e trabalha na divulgação da ideia.

Não precisa de cadastro, não precisa curtir, não precisa fazer nada. Só chegar lá e assistir. Se muitas lojas ainda estão recebendo o novo DVD, no site muitas imagens já estão disponíveis desde o início da semana.

Algo que sempre foi óbvio, pois ninguém que quer comprar um DVD vai deixar de comprá-lo só por já ter assistido na internet, mas que as gravadoras não deixavam os artistas fazer. Os que se aventuraram, simplesmente postaram uns vídeos e deixaram as coisas caminharem sozinhas. No caso da Paula, a VEVO pôs no ar e está fazendo questão de divulgar, como tem que ser.

Quem quiser conferir os vídeos, pode clicar aqui. Ou se preferir, ir direto ao YouTube.

Abaixo, segue o vídeo de “Céu Vermelho”, minha preferida, com uma introdução de “Jeito de Mato”.

Paula Fernandes lança “Não fui eu”. Multishow exibe novo DVD dia 18


Começou a ser divulgada, ontem, a primeira música do novo DVD de Paula Fernandes, gravado no Rio de Janeiro no mês de junho.

A canção se chama “Não fui eu”, composta pela própria Paula, e será a nova música de trabalho dela.

O DVD, intitulado “Multishow Ao Vivo – Um Ser Amor”, será exibido pelo Multishow no dia 18 de outubro, e chegará às lojas na semana seguinte, por volta do dia 22. Não vi as imagens do DVD ainda, mas quem já teve a chance de conferir, disse que o resultado final, principalmente do cenário, ficou de impressionar (o que já era esperado).

O projeto já entrou em pré-venda, e a capa é justamente a imagem que abre a postagem.

A música nova, “Não fui eu”, pode ser conferida abaixo.