luan santanaArquivo

Luan Santana aposta em DVD acústico; veja como foi o novo projeto dele


Na última quarta-feira (17), em São Paulo, Luan Santana gravou o quarto DVD da carreira.

lls0

Sabe aquele DVD de ITU, gigantesco, colorido, pop, cheio de efeitos visuais? Então, o novo projeto é exatamente ao contrário, o que é ótimo.

Pela primeira vez em um DVD (foram 3 antes desse), Luan é a única atração. Ele não divide atenção com mega-produções ou incríveis recursos tecnológicos (apesar de uma iluminação invejável). De formato acústico e com a presença de uma orquestra, tudo se resume a Luan e um microfone.

ls0

Com uma linguagem visual dos anos 1960, tanto nas roupas dele, da plateia e no cenário, o projeto foi bastante intimista. Gravado no “Quanta”, um estúdio de fotografia na Vila Leopoldina, em São Paulo, estiveram presentes apenas convidados e fãs sorteados.

Todos ali muito dispostos a colaborar com a gravação, sem invasões de palco e bem obedientes aos pedidos e orientações da diretora Joana Mazzucchelli.

lls3

O repertório, sempre o mais importante, foi um bom resumo do que foi o Luan até hoje. Cada vez mais romântico, vide seus sucessos recentes e um provável chamado “Escreve aí”, que abre o DVD, ele resgatou algumas canções famosas de sua própria carreira, como “Você não sabe o que é amor” e “Um beijo”.

As lembranças não pararam por aí: fizeram parte do DVD duas canções gravadas primeiro por Luan, mas que viraram sucesso nas vozes de João Bosco e Vinícius: “Sufoco” e “Falando Sério”.

Outras duas regravações que valem a citação são “Conto de Fadas”, uma ótima canção já gravada por Israel e Rodolffo, e “A Outra”, música que teve bastante repercussão na internet e que fez muita gente conhecer a dupla Thiago e Graciano.

ll4

Elogia-se muito o Luan, de maneira justa, pelo profissionalismo e pelo tamanho que sua carreira atingiu. Ele é o principal artista da geração que promete ter uma das carreiras mais longas e bem sucedidas no país. Além do mais, é muito bem cercado, tem uma equipe muito completa ao seu redor.

Novamente produzido pelo Dudu Borges, Luan gravou o que, na minha opinião (já escrevi outras vezes), faltava à carreira dele: um projeto que fosse só sua cara e sua voz. Acredito que ele tenha acertado mais nesse do que em qualquer projeto já gravado por ele até hoje.

lls2

*As fotos são do Cadu Fernandes.

___

Músicas tocadas no DVD:

-Escreve aí
-Um beijo
-Chuva de arroz
-O recado
-Eu não merecia isso
-Você não sabe o que é amor
-Atenção
-Cantada
-Amar não é pecado
-Vergonha na cara
-Cê Topa
-Café com Leite
-Falando Sério
-Sufoco
-Meteoro
-A Outra
-Um ser só
-Te Vivo
-Conto de Fadas
-Te Esperando
-Tudo que você quiser

Luan Santana também sabe sofrer! Confira “Eu não merecia isso”, nova música dele (com clipe)


Luan lançou, ontem (25), “Eu não merecia isso”, sua nova música de trabalho, acompanhada de um clipe de animação.

Logo após um DVD grandioso e uma linguagem musical muito mais pop, Luan mostra o que talvez seja sua canção mais brega (sem nenhum tom pejorativo nisso), o que agrada, e muito, a este blogueiro.

Romântico, apaixonado e sofrido, que o coloca junto a um público imenso que consome esse tipo de música.

A canção vai fazer parte do novo DVD dele, marcado para o dia 17 de dezembro, em São Paulo. A gravação será apenas para convidados e fãs ganhadores de promoções. Não haverá vendas de ingresso.

“Eu não merecia isso” pode ser conferida no ótimo clipe abaixo. A composição de Felipe Escandurras, um dos autores “Fui Fiel” e “Lepo Lepo”, entre tantas.

Longe Daqui: Munhoz e Mariano com Luan Santana


Munhoz e Mariano entraram nas rádios essa semana com uma novidade: a canção “Longe Daqui”, gravada ao lado do Luan Santana.

A música faz parte do novo DVD da dupla, aquele gravado em Presidente Prudente e que ainda não foi lançado.

A participação do Luan foi um dos momentos mais emocionantes de uma gravação que já era emocionante por si só.

mmnl

Apesar de nem todo mundo reparar ou dar importância, foi mais um encontro entre nomes vitoriosos do Mato Grosso do Sul, mas uma demonstração da força que o estado teve na nova geração da música sertaneja.

A canção, mais uma bela composição da Paula Mattos, pode ser conferida abaixo.

___

universo_sertanejobnvelp

Luan Santana participa de CD de Enrique Iglesias


Está nas rádios, desde a ultima terça-feira, uma parceria entre os cantores Enrique Iglesias e Luan Santana.

luanenrig

A música “Bailando” acabou surgindo como surpresa para muita gente. O novo CD de Enrique Iglesias terá uma “edição brasileira”, sob o nome de “Sex and Love – Brazilian Edition”, e trará a canção ao lado de Luan.

A música foi gravada em três línguas: português, com Luan, inglês, com Sean Paul, e espanhol, com Descemer Bueno y Gente D’Zona (versão original).

A canção com Luan pode ser conferida abaixo.

___

universo_sertanejo

banner-ta-de-sacanagem

Cê topa? Luan Santana completa 23 anos e lança música nova


Hoje, dia 13, é aniversario de 23 anos de Luan Santana. Hoje, também, é dia de lançamento da nova música dele, “Cê Topa”, que faz parte do Dvdzão gravado em Itu.

ctopals

A escolha dela como música de trabalho não teve grandes dramas como muitas vezes costuma ter.

A canção já estava na programação de algumas rádios por conta própria, e o refrão fez com que ela tivesse uma repercussão em internet sem um trabalho prévio pra isso (o refrão diz “Eu,vocé, dois filhos e um cachorro” se tornou viral bem rapidamente).

A música pode ser conferida abaixo. Apesar de já existir as imagens do DVD, será feito um clipe até o final do mês.

Sobre o próximo projeto do Luan Santana, eu comento aqui daqui a alguns dias.

tetb

hersonhei

E deu tudo certo


Seria uma boa estratégia de promoção de um DVD, não fosse o valor tão alto.

O adiamento da gravação por conta da chuva, no último sábado, transformou o DVD de Munhoz e Mariano no grande assunto sertanejo nesse início de ano.

mmmd

Se o mercado se acostumou a uma concorrência muitas vezes desonesta, o imprevisto que poderia afetar a qualquer um (como já afetou um DVD de Luan e um do Tradição, por exemplo), criou um sentimento solidário entre diversos artistas e empresários, que entraram em contato apoiando a dupla e oferecendo diversos tipos de ajuda.

Com a gravação anunciada para começar às 21h, às 19h o público era ainda muito pequeno. Talvez umas 5 mil pessoas, que dentro de um estádio não representam praticamente nada visualmente. Deu até uma sensação ruim. Mais próximo do início, no entanto, parecendo até combinado, começou a entrar gente por todos os cantos, por todos os portões, até que o número oficialmente divulgado foi de 40 mil pessoas. Aos que não confiam muito em “números oficiais”, a imagem ao final do texto dá uma boa noção.

Em relação ao repertório, parece claro que ele é melhor que o do DVD anterior, por uma questão bem simples: aquele gravado em Campo Grande era de uma dupla que ainda buscava projeção, que ainda procurava o grande hit, e de que certa forma moldava ainda sua personalidade.

mmez

As novas músicas são mais facilmente relacionadas ao estilo que se conhece da dupla, e por mais que haja algumas canções realmente acima da média, dificilmente será um projeto de uma música só.

Destaco três canções espeficiamente: “Copo na mão”, música que exalta a independência feminina e em momento algum cita homem na história (tem cara de ser a principal música do DVD); “Dona Dilma”, chiclete em que a dupla pede pra que a presidenta declare feriado às segundas-feiras; e “Longe Daqui”, gravada do lado de Luan, a grande música romântica do projeto.

O DVD contou também com as participações de Thiaguinho, sempre envolvido com sertanejos e criado em Presidente Prudente, da dupla Thiago e Graciano, de Campo Grande, que faz parte do escritório de Munhoz e Mariano, e do cantor Fred Liel (ex-Fred e Gustavo), que também está no escritório.

Foi mais uma gravação de Munhoz e Mariano cheia de histórias pra contar. Aos que não se lembram, o último DVD em Campo Grande quase não aconteceu por conta de uma liminar, derrubada pouco antes de a dupla subir ao palco. Ontem, além da questão do adiamento, a liberação dos bombeiros também não foi fácil, e chegou um momento em que a ordem era a de cancelar o evento.

Como disse o Mariano após o show, esses imprevistos nada modestos acabaram virando uma marca pra eles mesmos. Se o resultado continuar sendo positivo, tudo certo.

A produção musical ficou nas mãos de Ivan Miyazato, a direção de DVD foi da Hit Music, e a direção de vídeo foi do Jacques Jr.

Abaixo, além das imagens, um vídeo que mostra a decisão de adiar a gravação de sábado. A parte triste começa a partir dos 8 minutos.

ftpbl

rptr

*Fotos: Maurício Antônio

Com participação de Luan Santana, Munhoz e Mariano gravam 3º DVD


No dia 22 de fevereiro, na cidade de Presidente Prudente-SP, Munhoz e Mariano gravarão o terceiro DVD da carreira.

A divulgação do evento já está intensa, e o evento será grandioso.

O DVD será gravado no Prudentão, estádio da cidade, e a entrada para a pista não terá venda de ingressos, há apenas o pedido de um quilo de alimento.

Apesar de ser um número não muito fácil de se atingir, a dupla torce pra que o público chegue a 45 mil pessoas.

Se muitos concordam que o momento pede DVD’s menores, mais baratos e intimistas, Munhoz e Mariano concordaram mesmo em ir na contramão da ideia. Na verdade, esse é o primeiro DVD que eles gravam após se tornarem sucesso nacional.

Por maior que o DVD do “Camaro Amarelo”, em Campo Grande, tenha sido um sucesso de público, eles não tinham emplacado um hit até então.

Para a gravação, já estão confirmadas as participações de Luan Santana, Thiaguinho, Thiago e Graciano e Fred Liel (ex-Fred e Gustavo).

dvdmm

___

hersonhei

Começou o ano


A postagem quase se chamou “Feliz Ano Novo”.

Até a semana passada, apenas dois assuntos foram, de fato, sérios envolvendo sertanejos: o “tempo” que João Carreiro e Capataz deram e o ocorrido com a filha do Giovani.

Na semana passada, no entanto, começou enfim a série de notícias que nem notícias são, mas que ganham maiores proporções por total falta de assunto.

(Antes, uma notinha de hoje: o Sorocaba foi pego com a carteira vencida enquanto se dirigia para um show, ontem, Itanhanhém, litoral de São Paulo).

Três casos sem muita importância que ganharam espaço.

-O primeiro caso foi até tratado aqui, sobre a regravação de “Lepo Lepo” por parte do Cristiano Araújo. Uma atitude absolutamente corriqueira (nem por isso correta, mas já amplamente debatida), foi tratada como um escândalo musical, com direito a provocações e manifestações por parte de pessoas que não tem absolutamente nada a ver com a questão.

-O segundo caso, com um mínimo grau importância, foi a foto em que Munhoz e Mariano aparecem armados. Uma bobeira da parte deles, mas que tomou proporções como se a dupla fizesse, de fato, apologia a qualquer tipo de violência. Ao dizer na legenda que a arma era de brinquedo, Mariano já se prevenia de algumas críticas. De fato, foi um erro, mas não justifica a reação extremada de seguidores da dupla e o tom de algumas matérias a respeito.

-O terceiro caso talvez seja o mais bobo. Lucas Lucco lançou um clipe que lembra bastante “Te Vivo”, de Luan Santana. Aí vieram os papos de “cópia”, “plágio” e etc. Em ambos os clipes, a protagonista raspa o cabelo por conta de câncer, o que sempre é uma imagem forte. Acontece é que grande parte das acusações perde o sentido quando se busca saber os responsáveis pelos clipes: tanto o de Lucco quanto o de Luan são de una mesma pessoa: o diretor Alex Batista.

Começamos o ano.

hersonhei

Som Brasil homenageia sertanejo dos anos 1990; Luan é convidado do Jô


A noite da Globo, hoje, será de música sertaneja.

Logo após o “Programa do Jô”, vai ao ar o “Som Brasil” especial sobre a música sertaneja dos anos 1990. A atração recebeu o nome de “Sertão 90″.

Entre os participantes, estão Chitãozinho e Xororó e Roberta Miranda. Quem terá um grande destaque no programa é Lucas Lucco, chamado pra dar uma nova linguagem a algumas canções da época, como é o padrão do programa.

Além dos três nomes sertanejos, também haverá artistas de outros gêneros.

___

A noite sertaneja começa, na verdade, um pouco antes do “Som Brasil”. No “Programa do Jô”, a principal atração será o cantor Luan Santana.

Luan e “Tudo que você quiser”


Luan esteve no Faustão, no último domingo, pra iniciar o trabalho de divulgação de seu novo projeto, o DVD “O nosso tempo é hoje”.

O cantor, durante sua participação, comentou que estava dando ares novos à música sertaneja com o novo trabalho, o que nao deixa de ser verdade.

No video divulgado abaixo, lançado na semana passada, com a música “Tudo que você quiser” (Matheus), o que se vê é um passo bem além naquela história do pop/sertanejo. Um passo pensado, proposital.

Não acho, particularmente, que outro artista consiga seguir esse caminho do Luan. Me parece bem a cara dele – e só a dele -, mesmo eu gostando bastante do Luan sertanejão voz e violão, como já comentado aqui várias vezes.

O DVD provavelmente será sucesso de vendas e vai rivalizar com o da Paula entre os mais vendidos, dois projetos repletos de grandes apelos visuais.