Universo Sertanejo

DESTAQUES

universo_sertanejo

Revista Universo Sertanejo


Saiu a primeira edição da revista Universo Sertanejo. Contei a história do projeto em uma outra página aqui do blog. Dá pra ler online também. Só clicar aqui.

A primeira capa é com Amarildo Santana, pai do Luan Santana, que conta bastidores interessantes e ainda inéditos sobre a carreira do filho.

usrevista1



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

O primeiro lançamento do ano: a novidade de Tulio e Gabriel


Estamos apenas no quarto dia de janeiro e já temos lançamento. A história é boa.

Em agosto de 2016, em uma das noites do rodeio de Barretos, conversei com três rapazes. Eles formavam o “Villa A3″, um trio formado por dois irmãos e um primo, que havia se apresentado no “Palco Festeja”.

A conversa foi rápida, eu estava correndo pra não perder a carona, mas fomos devidamente apresentados.

No finalzinho do ano, soube que o trio havia fechado com um novo empresário, Fernando Burani, da “Exclusive Produções Artísticas”. A principal informacão, no entanto, não era essa. O trio havia decidido virar uma dupla, Tulio e Gabriel, mas sem excluir ninguém: um dos irmãos, Heitor, passara a ser sanfoneiro da banda.

tegbr

Os rapazes estão com um DVD gravado, chamado “Em Casa”, ainda sendo finalizado, mas o primeiro vídeo já saiu.

Os profissionais chamados para o primeiro passo da nova carreira são nomes conhecidos: Cabrera, produtor musical responsável por sucessos principalmente do Eduardo Costa, Alex Batista nos vídeos, Li Camargo na questão visual e Felipe Hernandes, responsável por todo o layout aqui do blog, na área digital.

A canção se chama “Hoje eu tô sucesso”, e o clipe pode ser conferido abaixo.



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

As músicas sertanejas mais tocadas da última semana (25 a 31/12)


A lista da última semana, a última do ano, não traz nenhuma novidade, repete o que a gente se acostumou a ver nos últimos meses.

Novidade mesmo fica por conta da arte que eu passei a divulgar na semana passada nas redes sociais e que, agora, trago ao blog.

A liderança ficou com “Eu sei de cor”, de Marília Mendonça, seguida por “Malbec”, de Henrique e Diego com Dennis DJ, em segundo, e “Impressionando os anjos”, de Gustavo Mioto, em terceiro.

topnovo



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

Blener Maycom: pra ele, 2016 foi dos melhores


Principalmente nos últimos cinco anos, vimos uma ascensão de um perfil interessante de produtor musical: aquele que não se restringe a apenas produzir. Eles também são, de alguma maneira, artistas.

Digo isso pelo fato de o personagem do texto de hoje, o produtor Blener Maycom, de Goiânia, se encaixar no modelo.

blnn

Proprietário da LKS Music, além de marcar seu nome em 2016 por conta de sua parceria com Naiara Azevedo, dona do principal hit do ano, ele está com três projetos curiosos.

Dois deles estão no YouTube. Um se chama “Construindo sucessos”, que mostra os bastidores de um projeto bem-sucedido. No vídeo de estreia, o tema foi justamente Naiara Azevedo.

O outro recebeu o nome de “Blener de Olho”, um quadro interessante em que o produtor, ao lado de profissionais que trabalham com ele, analisa músicas enviadas por seguidores nas redes sociais. De quebra, o melhor desempenho ganha uma faixa produzida por ele.

A ideia que me chamou mais atenção, no entanto, é inédita pra gente. Trata-se da “República LKS”, uma casa em que novos artistas passam por treinamentos de voz, dança, mídia e tudo mais que seja relacionado ao universo artístico. O trabalho já está rolando em Goiânia, e em 2017 a ideia é lançar um DVD sobre o projeto.

Lembra até o “Fama”, programa da Globo que colocava os candidatos em uma casa diante de uma série de profissionais qualificados. Seria muito interessante se saísse um artista grande desse projeto. Tem tudo pra render pauta pra uma série de matérias.

Após sua parceria com Cristiano Araújo, que fez muita gente olhar de forma diferente para o seu trabalho, Blener recebeu em seu estúdio, em Goiânia, uma série de nomes grandes em 2016, como Zezé e Luciano, Humberto e Ronaldo e Maiara e Maraísa.

A expectativa é boa para 2017, e ainda existe a intenção de se lançar um disco inédito de Cristiano Araújo, aproveitando as gravações que o cantor fez no estúdio durante o primeiro semestre de 2015.



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

As mais tocadas em shows em 2016


O ECAD divulgou a lista das músicas mais tocadas em shows durante o ano de 2016.

A aferição não é impecável, há uma série de críticas e imperfeições no acompanhamento dessas canções, mas ainda assim o ranking vale nossa atenção.

Dominada pelos sertanejos, a lista tem “Aquele 1%”, de Marcos e Belutti com Safadão, na liderança.

Há três canções de Cristiano Araújo, falecido em junho do ano anterior, entre as 25 mais tocadas. Interessante, também, a presença de duas canções de Jads e Jadson, dupla que não faz o perfil “modinha” ou “mega popular” da maioria dos outros presentes.

15781655_10155729542078009_2289970424809893476_n



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

Marília, Maiara e Maraísa entre as mais buscadas de 2016 no Google


O Google divulgou, na semana passada, suas diversas listas com termos mais procurados em seu sistema de busca. É o “Google Trends 2016“.

Os sertanejos sempre estão presentes de alguma maneira. Neste ano, apenas duas referências surgiram, ambas na lista de artistas de música.

O quarto nome de artista de música mais procurado foi o de Marília Mendonça. O sexto nome foi o de Maiara e Maraísa.

Os dados só reforçam que o ano, indiscutivelmente, foi das três meninas.

___

1 – Dennis e Mc’s Nandinho & Nego Bam
2 – MC Bin Laden
3 – Banda Vingadora
4 – Marília Mendonça
5 – MC João
6 – Maiara e Maraísa
7 – Prince
8 – MCs Zaac & Jerry
9 – Eyshila
10 – Christina Grimmie



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

As músicas sertanejas mais tocadas da última semana (18/12 a 24/12)


A lista da última semana traz um resultado inédito, mas que não é exatamente uma surpresa: “Impressionando os Anjos”, de Gustavo Mioto, fechou em primeiro lugar. É a primeira vez na carreira que o cantor chega na primeira posição semanal.

Digo que não é surpresa por conta do desempenho nas últimas semanas. Além do mais, provavelmente é a música mais bonita lançada nesse segundo semestre.

O Top10 também teve duas estreias. Marcos e Belutti emplacaram “Solteiro apaixonado” na terceira posição. A ótima “Casa amarela”, de Guilherme e Santiago, estreou em nono. É a melhor música lançada por eles nos últimos anos.

___

01 – Impressionando os anjos – Gustavo Mioto (4) – 2804
02 – Eu sei de cor – Marília Mendonça (2) – 2700
03 – Solteiro apaixonado – Marcos e Belutti (-) – 2653
04 – Você faz falta aqui – Maiara e Maraísa (6) – 2385
05 – Malbec – Henrique e Diego part Dennis DJ (1) – 2374
06 – Homem de família – Gusttavo Lima (3) – 2342
07 – Dia, lugar e hora – Luan Santana (5) – 2310
08 – Casa amarela – Guilherme e Santiago (-) – 2282
09 – Laço aberto – Leonardo e Eduardo Costa (9) – 2213
10 – Pen drive de modão – Munhoz e Mariano part. Zé Neto e Cristiano – 2199

*Fonte: Crowley/Universo Sertanejo



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

“Eu não quero casar”, parceria de Thiago Matheus e Daniel Alves


O público deve ter percebido já que o cantor Thiago Matheus (“Moon Álcool” e “Papai do céu te colocou no meu caminho”) não costuma fazer lançamentos muito comuns.

Após lançar clipe com o pai de Michael Jackson e um outro romântico gravado em Los Angeles, ele vem com mais uma novidade pouco convencional: sua nova música, “Eu não quero casar”, tem a participação do jogador Daniel Alves, lateral da seleção brasileira.

O clipe foi lançado na última terça-feira (20). Novamente, assim como nos lançamentos anteriores, ele conseguiu repercussão em todo tipo de mídia por conta das ideias e parcerias inusitadas.

A composição é assinada pelo Thiago ao lado do Daniel, com participação também do pai de Thiago, Giuliano Matheus, produtor que a gente já conhece bem. Esqueci de mencionar aqui (na verdade, eu não sabia na época) que “Casa Amarela”, nova e ótima música de Guilherme e Santiago, também é produção dele.

Giuliano, que muitos conheceram por conta da dupla com Luiz Cláudio, hoje é quem está por trás musicalmente da carreira do filho, além de produzir e compor para uma série de outros artistas.

O clipe de “Eu não quero casar” pode ser conferido abaixo. Ele foi gravado em Belo Horizonte, Sorocaba e São Paulo.

A direção é do Alex Batista.



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

As músicas sertanejas mais tocadas da última semana (11/12 a 17/12)


A lista da última semana traz uma liderança diferente, muito presente no ano de 2015: Henrique e Diego, agora ao lado de Dennis DJ, com a música “Malbec”.

O Top10 também traz outra canção que nem sempre aparece por aqui, mas que é um dos bons destaques do ano: “Decide aí”, de Matheus e Kauan, canção que vem tentar substituir “O nosso santo bateu”.

O ranking ainda traz uma estreia. Trata-se de “Baldinho de balada”, nova música de trabalho de Kleo Dibah e Rafael. Pra quem ainda não conhece, ela pode ser conferida abaixo.

___

01 – Malbec – Henrique e Diego part Dennis DJ (5) – 2833
02 – Eu sei de cor – Marília Mendonça (2) – 2656
03 – Homem de família – Gusttavo Lima (3) – 2392
04 – Impressionando os anjos – Gustavo Mioto (6) – 2366
05 – Dia, lugar e hora – Luan Santana (1) – 2360
06 – Você faz falta aqui – Maiara e Maraísa (4) – 2359
07 – Decide aí – Matheus e Kauan (-) – 2228
08 – Você me trocou – Chitãozinho e Xororó com Bruno e Marrone (-)– 2206
09 – Laço aberto – Leonardo e Eduardo Costa (10) – 2080
10 – Baldinho de balada – Kleo Dibah e Rafael (-) – 2074

*Fonte: Crowley/Universo Sertanejo



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)

universo_sertanejo

João Haroldo e Betinho: eles estão de volta


Podemos dizer, sem medo de errar, que eles fizeram parte da origem do “sertanejo universitário” ou do “novo sertanejo”, como queiram.

Quando ainda ninguém havia percebido muito bem a onda de sucesso se formando logo a frente, João Haroldo e Betinho já despontavam no Mato Grosso do Sul fazendo música sertaneja com papo já diferente e com uma estética que quebrava com o romantismo dos anos 1990. Muitos vieram depois e alcançaram o sucesso nacional, mas as conquistas e a história deles ninguém tira.

jjb

Cantando juntos desde 1997, o primeiro disco foi gravado em 2000. Os amigos tiveram um momento desagradável em 2011, quando decidiram separar a dupla. O retorno se deu agora em 2016, com a gravação de um EP com quatro músicas.

Uma dessas canções se chama “Agora tanto faz” e foi produzida pelo Euler Coelho, que acompanhou de perto da história da dupla.



Assina aí meu canal sobre música sertaneja =)