Showmícios vão voltar? Vai ter showmício online?

Os showmícios, aqueles shows políticos em épocas de campanha eleitoral, estão em pauta no Senado Federal.

Há uma tentativa de liberar a prática novamente, proibida no Brasil desde 2006.

Alguns senadores da base do presidente da República trabalham para fazer alterações na minirreforma eleitoral do ano passado, e a volta  desse tipo de show é uma dessas alterações.

Uma proposta do senador Eduardo Gomes, do MDB-TO, líder do governo no Congresso, libera os showmícios com um teto de gastos de 20% do total da campanha.

Segunda a Folha de S.Paulo, as alterações na minirreforma política seriam uma maneira de agradar a políticos do chamado Centrão, grupo do qual o presidente tem se aproximado.

Após diversas irregularidades e gastos muitos altos em campanhas, a prática do showmício foi banida por aqui há 14 anos.

É possível que ela volte, no entanto, para a campanha de 2022.

ONLINE

Existe outra proposta envolvendo shows políticos sendo discutida em Brasília.

Nas câmara dos deputados, há um projeto para liberar, para as eleições desse ano ainda,  adiadas para novembro, o formato de showmícios online.

Uma espécie de live de um artista bancada por um candidato.

O projeto, do conhecido deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), é de que cada candidato possa gastar até 20 mil reais com essa atividade. Não 20 mil por live, mas no total.

O valor é baixo se a gente pensar no mundo dos artistas nacionais, mas em se tratando de figuras regionais, já que as eleições desse ano são municipais, faz algum sentido.

___