Bruno e Marrone gravam DVD com hits nacionais. Repertório comentado.

Ontem, na véspera de feriado, Bruno e Marrone gravaram o sétimo DVD da carreira.

Pequeno, apenas para convidados, em um palco montado dentro da estrutura do Espaço das Américas, em São Paulo.

Após um DVD de ótima repercussão e de grande estrutura, a aposta ontem foi em algo bem menor, inimista mesmo, do melhor jeito pra se ouvir Bruno e Marrone.

bemdvdnovo
(Foto: Fernando Hiro)

Como adiantado aqui, foi um projeto de regravações de sucessos da música brasileira, não apenas sertaneja. Foram cinco inéditas (escolhidas a dedo).

A produção musical ficou novamente por conta do Dudu Borges, mas um detalhe me pareceu bem claro: quando a dupla se uniu ao produtor, os projetos passaram a ter uma cara muito mais forte do produtor do que da dupla. No DVD de ontem, a impressão é de que a escolha do Dudu foi de que os arranjos ficassem mais a cara da dupla, mesmo que sua assinatura ficasse menos evidente. Quando pronto, vai ficar mais fácil de analisar.

Em vez de fazer um texto corrido enchendo linguiça, segue abaixo o repertório recheado com alguns palpites. Só um comentário: se nós (eu e vocês) discordamos algumas vezes quando falamos sobre música sertaneja, imagine quando o assunto é música de outro gênero. Não levem os comentários abaixo tão a sério, é só questão de gosto.

___

01 – Ausência (CeRalf) – indiscutível e emocionante.

02 – Deixa Acontecer (Revelação) – quando soube que seria regravada, não achei boa ideia. Chegou o refrão e o público mostrou que eu estava errado.

03 – Tiro e Queda – inédita muito boa mesmo.

04 – Apenas mais uma de amor (Lulu) – Um dos maiores acertos do repertório e uma das melhores interpretações.

05 – Você me vira a cabeça (Alcione) – sem comentários, a reação da plateia mostra a força que a dupla tem nas rádios.

06 – Eu mudei demais – Inédita de arrepiar.

07 – Oceano –  Transformaram a música em uma guarânia e o Bruno caprichou, é interessante conferir como ficou. Mesmo assim, Djavan não dá. A única que realmente eu tiraria do repertório.

08 – Garçom (Reginaldo Rossi) – clássico é clássico e vai funcionar eternamente nos shows.

09 – Agora – Inédita de doer também

10 – Não vou chorar (Chiclete) – hit do Chiclete com Banana que ficou muito legal com eles. Aí é questão pura de gosto. Eu acho essa música muito triste e bonita, e ganhou um tom especial na interpretação da dupla.

11 – Eu sei (Papas da Língua) – tema de novela do Papas da Língua, lembra? Ficou boa.

12 – Casa ao Lado (conheço com Pablo e Daniela Mercury) – música muito boa.

13 – Frente a Frente (Matogrosso e Mathias) – Aí foi sacanagem. É música pra por no repeat.

14 – Quando a chuva passar (Ivete) – sucesso da Ivete regravado recentemente pela Paula Fernandes. Não sou fã da música.

15 – Primeiros Erros (Capital) – mais uma que vai cair como uma luva em shows. Por mais que alguns digam que ela é batida, a última vez que ela estourou foi no DVD do Capital Inicial lançado no ano 2000. Tem muita gente nova que não chegou a curtir o sucesso dela.

16 – Parabéns – inédita.

17 – Vou te amarrar na minha cama (As Marcianas) – sinceramente, a melhor regravação. Não sei se as pessoas haviam se esquecido dessa música ou se não gostavam mesmo. É leve, ‘brega’, animada e engraçada. Se for pra rádio, sei não…

18 – Ainda gosto demais – inédita muito bonita.

19 – Stop que ela é top – é a música que vai segurar a dupla nas boates enquanto eles fazem os shows nas festas. Não é a cara deles, boa parte dos fãs vai reclamar, mas não tem mal nenhum. Ela tem endereço e, se tudo correr normalmente, vai ajudar muito a dupla.

20 – Alma Gêmea (Fábio Jr) – clássico é clássico.

21 – Dormi na Praça – obrigatória.

22 – Evidências (CheX) - legal.

23 – Força Estranha (Roberto Carlos) – indiscutível.

24 – É o Amor (Zezé e Luciano) – ficou ótima, muito boa mesmo, mas pelo que se comentou ontem nos bastidores, ainda não houve a liberação do Zezé (e talvez não haja).

___

piunti-600x70

tetb

Comente!

___