Destaque do ano: Munhoz e Mariano foram os nomes de 2012

Começo hoje a já tradicional série de postagens especiais de fim de ano/início de ano, que traz os destaques, os melhores discos, a retrospectiva, as apostas e algumas outras novidades.

___

A história se repete mais uma vez: críticas, ofensas, desmerecimento…

Se o sucesso costuma incomodar, o deles dói um pouco mais nos que implicam. Estouraram com uma música muito criticada, têm um integrantes que assumiu a figura do galã e que rebola no palco, e entraram na música muito mais por diversão do que pela arte.

Raphael Munhoz e Ricardo Mariano, ambos com 26 anos, dois amigos de Campo Grande, foram os nomes da música sertaneja em 2012.

Se o “Ai Se Eu Te Pego”, em 2011, mostrou que as coisas iriam mudar de vez, o “Camaro Amarelo” colocou uma pedra sobre a página aberta no capítulo do entretenimento, da farra, da festa.

Por mais que seja prudente fugir do oba-oba, mesmo com apenas um hit, a dupla salvou ($$$) várias festas e registrou o maior público de tantas outras. Além de terem acertado em cheio uma música, pegaram uma fase em que os eventos procuravam algo novo, já que os shows estavam se repetindo muito.

Há um ponto positivo muito importante, que tira da chuva o cavalo dos paraquedistas: o sucesso não veio do dia pra noite.

Em 2010, quando venceram a “Garagem do Faustão”, cuidados pela mesma equipe que administrava Maria Cecilia e Rodolfo, o trabalho começou a ser feito de forma pesada. Divulgação, rádios, festas grandes, mesmo sendo ainda desconhecidos. Além do dinheiro investido, sempre foram cercados por pessoas de dentro do mercado, o que ajuda demais quem está começando.

Coloquei a dupla nas apostas ainda para 2011, já que havia uma boa estrutura por trás e pelo fato de que a figura do galã sertanejo ainda não era explorada por ninguém (nem mesmo pelo Mariano, mas já havia conversas nesta direção).

O repertório sempre foi criticado, e eles mesmos souberam lidar com isso desde o começo. Até mesmo o CD/DVD novo, que traz o “Camaro Amarelo”, está longe de ser unanimidade.

E nem é preciso gostar da dupla, se esse for o caso, pra reconhecer que o destaque deles no ano é positivo. É bom porque faz com que os grandes saiam da zona de conforto e se mexam, e melhor ainda porque faz com que os novos, que acham que uma música, sem trabalho algum anterior, pode resultar em algo, entendam que as coisas não funcionam assim (neste ano tivemos várias provas disso).

Em setembro, entrevistei a dupla no “Universo Sertanejo em vídeo”. A entrevista pode ser conferida abaixo.

 

Comente!

___

28 Comments

  1. Se depender de mim, Munhoz & Mariano vão passar fome. Já fiz muito de assistir um show deles (aliás, só assisti pq estava esperando a apresentação de Jorge & Mateus na Festa do Peão de Americana em 2011). Independente do que aconteceu com eles aqui na cidade em Novembro, ainda bem que a dupla não se apresentou. Não são dignos de subir em palco de Festa de Peão. Para conquistar o público que os criticam (como eu), eles devem partir para músicas com letras agradáveis e músicas que brincam sem desvalorizar as mulheres, por exemplo.

  2. Sou fã da música sertaneja. Sempre fui. Musica sertaneja, por si só, nos remete ao sertão, à zona rural. Daí inventaram o tal sertanejo universitário, em outras palavras, sertanejo moderno ou sertanejo urbano, desses que só toca em baladinha e faz sucesso durante uma semana. Vazio. Em Campinas por exemplo brotaram casas do gênero, porém da mesma maneira que vieram, estão acabando. Não por falta de entusiasmo público, mas simplesmente pela auto-mutilação musical. Só se produz porcaria, esse pessoal está atirando no próprio pé, estão cuspindo no prato de onde comem. No último dia 15 ouvi numa dessas casas algo como “segura minha long neck que eu vou comer teu big mac”…………
    As rádios sertanejas são um bom termômetro disso tudo, ouça e repare que só toca “esse cara sou eu”. Só isso. Acabou o universitário.
    A maré vai passar, possivelmente teremos uma nova febre do axé, funk, sei lá. Dos sertanejos, posso apostar que vamos reviver a era dos sertanejos verdadeiros e tradicionais (Sergio Reis e cia). Junto deles, acredito que vá prosperar apenas o que de fato tem talento, Paula Fernandes, João Carreiro e Capataz, talvez Fernando e Sorocaba…. só.
    Hoje pela manhã ouvi “A porta do Mundo”, aí sim!!!!!!!!!!!!!!

    Abraço

  3. Concordo, Munhoz e Mariano fooi o maioor sucesso de 2012, sou fã nº 1… amo de mais eles, e desejo a eles qe isso dobre em 2013… MeM amo voçs

  4. Olhá, concordo com a Tata…
    Antes da fama, o Mariano era mais “acessível”, com os fãs, agora?Final de novembro teve um show deles aqui em Londrina, enquanto João Neto e Frederico esbanjavam simpátia, o Frango e o Toiço nem ligaram para as fãs, fora que os seguranças deles chegaram a machucar uma amiga minha e tenho até a foto para comprovar, só acho que eles tem que lembrar, que somos nós que demos a fama a eles, e deve ter no mínimo respeito.
    Um exemplo disso é o Michel Teló (Conheço ele desde a época do Grupo Tradição) e ele continua a tratar as fãs do msm jeito, agora mai corrido, não tem mais como ele ficar conversando com a gente no salão do hotel por exemplo, mas ele dá atenção a todos, procura ser atencioso, acho que ídolo tem que saber tratar as pessoas…
    #FicaaDica, Munhoz e Mariano!

  5. Professor José Ricardo Reply to Professor

    Não há dúvidas de que os anos de ouro da música sertaneja foram mesmo os da década de 80 e 90 do século passado. Ali sim, podíamos falar de música sertaneja com letras inesquecíveis (vejam por exemplo: Fio de Cabelo, Seu Amor Ainda é Tudo, Telefone Mudo, só para citar algumas), arranjos maravilhosos de harmonia impecável (quem nunca ouviu a perfeição sonora de Boate Azul?). Saudades daquela época, aquilo sim, era o sertanejo de verdade, não esse “sertanojo” de baladinha, nem esses universitários (que nunca compuseram uma moda do peso de um Tião Carreiro por exemplo). Que fique registrado aqui meu tributo e minha homenagem aos artistas que fizeram minha infância e minha adolescência mais maravilhosa: TRIO PARADA DURA, CHITÃOZINHO E XORORÓ, JOÃO MINEIRO E MARCIANO, PEÃO CARREIRO E PRAENSE, TIÃO CARREIRO E PARDINHO, MILIONÁRIO E JOSÉ RICO, MATOGROSSO E MATHIAS, CEZAR E PAULINHO, DURVAL E DAVI, AS MARCIANAS, AS MINEIRINHAS, IRMÃS GALVÃO, BARRERITO, SÉRGIO REIS, SAMARA, SULA MAZUREGA, JAYNE, IRMÃS BARBOSA, DUDUCA E DALVAN, TEODORO E SAMPAIO, etc.

  6. Selma Moreno Reply to Selma

    Olha concordo com muitas coisas que vc escreveu, porém dizer que eles são cantores de um hit só é um grande equívoco. Pode ser que na mídia só apareça uma ou duas músicas. Mas quem vai aos shows deles sabe que todo mundo canta com eles todas as músicas do show. Seja do CD novo ou do anterior. As pessoas que falam isso falam por total desconhecimento.

  7. Ah, e mais uma coisa daonde que as letras deles são pornográficas? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mds, vocês devem estar confundindo com funk né. As músicas deles são pra cima, são pra gente dançar mesmo.

  8. Munhoz e Mariano, merecem todo o sucesso do mundo. O SERTANEJO em si, já deixou de ser setanejo a muito e muito tempo atrás, não foram eles que fizeram isso. Eles só estão indo no mesmo caminho que muitos outros, só estão inovando, e tá muito certo. O que cada um faz no palco é problema deles, se ninguém gostasse, tenho certeza que eles não fariam mais. As fãs adoram os dois, adoram as danças, adoram as músicas e vão defender eles sempre. Com o sucesso dos dois, as críticas vão aparecer mesmo, mas como bons cantores, vão ignorar e se fortalecer cada vez mais, pra melhorar no que for possível. E querendo ou não, não tem como dizer que eles são uma dupla ruim, como uma dupla que não canta nada faz o sucesso que está fazendo, grava um dvd com mais de 60 mil pessoas presentes, são o destaque de 2012 no Youtube e saem até na Billboard? CADA UM TEM O DIREITO DE GOSTAR DO QUE QUISER, E AS PESSOAS TEM QUE APRENDER A RESPEITAR ISSO! mas tudo bem, falem o que quiser, critiquem o quanto quiser, porque o sucesso deles só aumenta, o amor que as fãs tem por eles, só aumentam e o que vocês dizem não fará diferença alguma..
    ah, só mais uma coisa:
    AGORA EU FIQUEI DOCE DOCE DOCE DOCE ♪ hahahahaha . 2012 foi doce doce

  9. o problema desse povo que faz secesso derrepente , mesmo esses dois que tem empresarios milhonarios, e como o sucesso sobe pra cabeça repido demais , esse mariano e muito antipatico, ja brigou com fãs no twitter, ja disse que so vai responder no twitter so quem tiver um numero grande de seguidores, fora que não atende mais os fãs como atendia antes, ele deve pensar que ja e uma super celebridade, so que ele esquece que essa fama de galã quew eu sinceramente não vejo nada de bonito, mas tudo bem se tem alguem que ache beleza, so que essas mesmas pessoas que hoje faz a fama dele não pela musica , mas pela beleza amanã vai estar atras de outro cantor que aparecer, e eles vão ficar sem ninguem pois hoje estão esnobando os fãs verdadeiros os que realmente gostam deles ,que vão aos shows e que compram cds

  10. Deus tenha piedade dos ouvidos de quem gosta de boa música, ninguém merece essa bregaiada com música melodicamente pobre, letras que exaltam a sedução, sexualidade e até pornografia, refrões repetitivos, cantores desafinados, as dancinhas são o ápice do mau gosto e a autopromoção e super exposição são desgastantes….para quem ouve Andrea Bocelli, Luther Vandross, Whitney Houston, Heather Headley e outros grandes interpretes, as bandinhas nacionais são uma provação de paciência, ouví-las é praticamente pagar penitência.

  11. nunca se fala no autor da música no brasil…camaro amarelo não é da autoria dessa dupla…,.cantar é fácil….quero ver é compor,..,.,.,

  12. Tenha dó! Isso é música?????? Passa fome povinho!!!!!!!!!!!

  13. Vishe maria esse narigão é ainda maior que o do Luciano Rúcola

  14. É mais um super lixo. Desde qdo isso é sertanejo ?

  15. NÃO É QUESTÃO DE DESMERECER OS CARAS, PELO CONTRÁRIO…SE O PESSOAL ESTÁ ACEITANDO E DANDO $ PARA ELES, TEM MAIS É QUE FAZER ISTO MESMO……..O PROBLEMA É A QUALIDADE DAS MÚSICAS POPULARES DE HOJE, CADA VEZ PIOR…É DEPRIMENTE O QUE AS PESSOAS TEM OUVIDO!!!! MÚSICA DE GENTE SEM Q.I, SEM CAPACIDADE DE ANALISAR AS COISAS, QUE NÃO PROCURA EVOLUIR….ISSO ME DÁ MEDO. A MUSICA BRASILEIRA, NO GERAL, ESTÁ MORTA E PODRE!!!!

  16. Paulinho Andrade Reply to Paulinho

    merecem… sao bons garotos, nao falam mal de ninguem e so se preocupam em aproveitar esse momento fantastico… um belo tapa em todo mundo de nariz em pe, como disse o outro comentario aí

  17. Renato Borba Reply to Renato

    Assino embaixo do texto todo.

  18. Esses aí são um retrato de que o sertanejo virou democratico. Todo mundo tem acesso ao tudo e eles trabalharam e venceram. O mercado tá aberto e livre e pronto pra quem sabe aproveitar. Os que reclamam, se virem a aprendam a fazer sucesso.

  19. Finalmente um sertanejo gato!

  20. Dinho da Loira Reply to Dinho

    Dinheeeeeeeeeeeeeiro…faz mudo falar, cego ver e gorduchos emagrecerem na TV. Entucha dinheiro sem dó para ver se não vai…
    Ah…teve alguma administração na carreira dos rapazes, o problema é que já já vem outro, patrocinado pelos mesmos que estouraram Munhoz e Mariano, e aí, meu amigo, tem que dar passagem.
    César Menotti, Maria Cecília, João Bosco, Michel Teló…todos esses já foram, vamos ver até quando esse aí vão…

  21. faltou a frase “2012 foi doce” hahaha

  22. MAIS UM ORGULHO DO MEU MATO GROSSO DO SUL

  23. Felippe Saulo Reply to Felippe

    boa lembrança… merecem mesmo… aulinha pra artista nariz em pé que achou que o mundo fosse parar pra ele fazer sucesso…

  24. é o fim do sertanejo

  25. É bem isso mesmo….Praticamente todas as músicas ruins nesse cd/dvd só se salvam 2 músicas o camaro amarelo e tan e tan….O resto só gzuiz na causa,esperamos que 2013 esse reportório seja mais rico com letras que emocionam…O camaro já os apresentaram para o Brasil,aparti de agora espero que eles usem isso a favor,fazendo o melhor dentro do universo não só sertanejo e também musical em geral

Deixe um comentário