Além dos altos cachês

Duas notícias no início da semana mostram que os altos cachês de shows, definitivamente, não são mais a única boa fonte de renda dos sertanejos.

De acordo com a Veja, Luan Santana, Ivete Sangalo e Thiaguinho assinaram com a Lacta. Valor: 1,5 milhão para cada um, em um contrato que dura até o final do ano. Ou seja, Luan receberá o equivalente ao cachê de 5 shows para ser garoto-propaganda da marca de chocolates.

Os três artistas farão um pocket show em São Paulo para comemorar os 100 anos da empresa.

A outra informação vem do jornal Meio e Mensagem, destinado ao mercado publicitário. A P&G irá investir R$ 1 bilhão em mídia a partir de julho até meados de 2013, e um dos artistas visados pela empresa é Michel Teló, que fez uma ação pontual da “Oral B” no carnaval.

Na entrevista ao jornal, o presidente da empresa no Brasil, Tarek Farahat, cita Michel, Faustão e Luciano Huck como exemplos de figuras que se indentificam com os propósitos da P&G. Não foi anunciada nenhuma nova parceria de Teló com a empresa, mas com o presidente elogiando o cantor em entrevista, é fácil imaginar o que vem por aí.

Lembrando que no ano passado Victor e Leo, Zezé di Camargo e Luciano e o próprio Luan Santana fecharam mais um acordo milionário com a Friboi.

___