E o “Double Face” leva o Grammy Latino

O “Double Face”, álbum duplo que Zezé di Camargo e Luciano lançaram no primeiro semestre desse ano, recebeu o Grammy Latino, ontem, como melhor “Melhor Álbum Sertanejo”.

Disputando nessa categoria, estavam os seguintes álbuns:

___

Coração Apaixonou – João Bosco & Vinícius [Sony Music]
Se For Pra Ser Feliz – Chitãozinho e Xororó [EMI Music]
Double Face – Zezé di Camargo & Luciano [Sony Music]
Esse Alguém Sou Eu – Leonardo [Mercury / Universal Music]
Retrato: Ao Vivo no estúdio – César Menotti e Fabiano [Mercury / Universal Music]
Ao Vivo – Luan Santana [Som Livre]
Ao Vivo e em Cores em São Paulo – Victor & Leo [Sony Music]

___

O CD de Modões, parte do “Double Face”, ia acabar pesando. Foi uma ideia que ficou muitos anos só na promessa, e que quando foi lançado, surpreendeu até os que já esperavam um grande disco.

É realmente complicado colocar o CD de Modões para competir com algo, já que seu acerto é de repertório, produção e interpretação. Ou seja, basicamente tudo.

Sem contar o acerto que foi lançar esse trabalho justamente agora, com a música sertanejo em meio a diversas mudanças.

O CD de “Modões” foi citado aqui várias vezes, e até hoje, não surgiu nenhum comentário negativo.

Como já dito aqui, o “Double Face” deve encerrar 2010 como disco sertanejo mais vendido do ano.

___